Iniciativa inovadora do Cau será apresentada em congresso nacional

As pesquisas para a produção do artigo foram feitas no Colégio de Aplicação da Univali.

Um artigo que aborda a experiência dos estudantes da disciplina de Pensamento Computacional em escolas de ensino básico, foi aprovado na WEI 2018 e será publicado nos anais do evento. O tema também será apresentado pela mestranda Natalia Couto, em um Workshop que acontece entre os dias 22 e 26 de junho, em Natal-RN.

A WEI (Workshop sobre Educação em Computação) é um evento de nível nacional, com classificação B3 na Qualis Caps, e tem como objetivo debater temas relacionados ao ensino e à aprendizagem de Computação. Neste ano, os workshops acontecem em Natal-RN, no Centro de Convenções de Natal (CCN), e o tema é “Educação para uma sociedade sustentável”.

O artigo, produzido por pesquisadores e professores da Univali, será apresentado e publicado nos anais da WEI 2018 e tem como tema a aplicação do Pensamento Computacional como disciplina regular no ensino básico. A pesquisa foi desenvolvida no Colégio de Aplicação da Univali que, em uma parceria entre o LITE e o mestrado de computação da universidade, tornou-se o primeiro colégio do Brasil a proporcionar a disciplina.

A publicação intitulada “A percepção dos estudantes sobre a implantação de uma Disciplina Regular de Pensamento Computacional em um Colégio de Educação Básica”, coleta informações diretamente com os estudantes, através de questionários. A pesquisa, feita por integrantes do LITE e professores do CAU, mostrou muitos resultados positivos, entre eles a percepção dos alunos quanto a utilização da criatividade, raciocínio lógico, a fuga do modelo tradicional de ensino e o incentivo do trabalho em conjunto. Outro ponto positivo é que, de forma geral, a disciplina não influenciou os alunos a cursarem computação como ensino superior, mas aumentou o interesse deles na área. “O resultado entra de encontro com o objetivo da disciplina. Não pretendemos buscar alunos para a computação, mas levar a computação para todos”, afirma a pesquisadora e mestranda de computação, Natalia Couto.

O tempo de pesquisa e produção do artigo foi de um ano e quatro meses. Os pesquisadores envolvidos foram: a mestranda de computação aplicada, Natalia Couto; o professor do curso de ciências da computação na Univali, Msc. Elieser de Jesus; o Msc. Eduardo Alves da Silva, coordenador de Ciências da Computação da Univali; e o orientador Dr. André Luis Alice Raabe, coordenador do LITE.

Alunos do Colégio de Aplicação da Univali criando máquinas de Rube Goldberg, na disciplina de Pensamento Computacional

Informações do Artigo


Título:

A percepção dos estudantes sobre a implantação de uma Disciplina Regular de Pensamento Computacional em um Colégio de Educação Básica.

Data de publicação:
Julho de 2018

Pesquisadores:
Natalia Couto;
Dr. André Luis Alice Raabe;
Msc. Elieser de Jesus;
Msc. Eduardo Alves da Silva.

Local de publicação
Anais da WEI (Qualis Capes: B3)

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *