RoPE e Eletroblocks são vencedores no Sinapse da Inovação

Dois projetos desenvolvidos no LITE estão entre os 100 vencedores que passaram pela terceira fase da 6ª edição do Sinapse da Inovação. Um dos projetos é o RoPE, o carismático robozinho que ensina programação de forma lúcida. Já o Eletroblocks, desenvolvido pelo pesquisador do LITE, Eduardo Borges Gomes, são blocos eletrônicos modulares e programáveis que auxiliam o aprendizado em eletrônica e programação de forma segura e divertida.

Com essa classificação, os dois projetos receberão suporte durante seis meses para o aperfeiçoamento do produto, capacitações, e suporte para o contato com um primeiro cliente e com investidores na etapa de operacionalização do empreendimento e pré-incubação.

Conheça mais sobre os projetos aprovados do LITE:

 

RoPE

O RoPE, Robô Programável Educacional, é um brinquedo de programar, o qual crianças programam uma sequencia de ações que será reproduzida pelo robô. Com apenas cinco botões, o RoPE possibilita o engajamento de crianças da educação infantil e séries iniciais do ensino fundamental (3 a 8 nos) em atividades de resolução de problemas com conceitos matemáticos, pertinentes a sua faixa etária como: observar, visualizar e descrever posições, direções e movimentos usando palavras comuns; reconhecer movimentos em linha reta e rotações, combinando-as em situações simples (por exemplo ir até um local na sala) e reconhecer ângulos retos.

Eletroblocks

Os EletroBlocks serão blocos modulares e programáveis que ensinarão eletrônica e programação de forma segura e divertida. O sistema de construção de blocos modulares consiste em placas de circuito impresso pré-montadas (PCB) interligadas por pequenos ímãs e condutores. Cada bloco executa uma ou mais funções discretas (por exemplo, um LED, um botão, um sensor de luz com um limite, etc.) e os blocos podem ser combinados para criar circuitos maiores.

Os módulos podem ser divididos em categorias correspondentes à sua função. Exemplos de categorias incluem, mas não estão limitados a: módulos de potência, módulos de entrada, módulos de saída, módulos de fio, etc. A conexão dos blocos será feita por imãs e condutores, trazendo melhor praticidade na hora de criação de sistemas com vários blocos. Todos eles poderão ser programados através de um dispositivo móvel, explorando conceitos de programação e buscando levar mais possibilidades de projetos em um único hardware.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *