Lite Bank

Quem nunca teve um porquinho para guardar as moedinhas? E se aquele seu porquinho mostrasse para você o quanto você já poupou? Que tal irmos um pouco mais adiante e imaginar o seu porquinho informando para você a quantidade de moedas de cada valor disponível? Foi a partir destes questionamentos e da necessidade de saciar o espírito maker que iniciamos os estudos para a criação de um cofrinho inteligente.

Utilizando os recursos do laboratório e as habilidades dos integrantes, vamos desenvolver um produto que proporcionará aos participantes a exploração de novas tecnologias e conceitos. Alimentando a prerrogativa do movimento maker, buscaremos desenvolver todos os componentes dentro do próprio Lite, evitando ao máximo utilizar soluções já desenvolvidas.

Durante a fase inicial, na análise do problema, algumas dificuldades foram encontradas, como a diferenciação nos padrões das moedas – particularmente no caso de moedas de dez centavos prateada e de 5 centavos do modelo novo, como pode-se verificar na ilustração abaixo.

Analisamos as diferentes formas de conseguir chegar no resultado esperado, tentando fazer a diferenciação com o auxílio de um sensor reflexivo. Este sensor possui um dispositivo emissor e um dispositivo receptor, e envia um sinal Infra Vermelho para receber a resposta no próprio receptor embutido neste sensor. Assim, a informação recebida irá variar de acordo com o valor de reflexão do objeto analisado. Entretanto, após alguns testes o sensor não apresentou um resultado satisfatório pois nem sempre as moedas estão 100% limpas, e isso influencía na medição.

Decidimos tentar então por diferenciação do tamanho da moeda. Estudamos o diametro de todas as moedas brasileiras em circulação , percebemos que a diferença entre elas é mínima, e ainda existem duas com exatamente o mesmo diâmetro. A partir disso, optamos por uma canaleta, onde a moeda passaria por ela e seria selecionada de acordo com o seu diâmetro. Para fazer isso estudamos alguns modelos, e com o auxílio da impressora 3D imprimimos um modelo para teste.

A nossa equipe vem intercalando seus esforços entre os projetos do “Lite is Cool” e o “Lite Bank”.

Atualmente já estamos testando a canaleta impressa e também vendo quais melhorias podemos fazer para que se possa aumentar a quantidade de acertos na detecção das moedas.

Novas adaptações não estão descartadas, e até já se encontram em andamento. Por exemplo, para a diferenciação das moedas de 10 centavos do modelo antigo e 5 centavos do modelo novo, iremos testar alguns sensores e analisar o desempenho, mas isto é assunto para um novo post.

Acompanhe o nosso blog e fique por dentro das novidades.

Boas pesquisas!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *